Como Acabei Com O Pulgão De Uma Vez Por Todas

Home / Problemas e suas Soluções / Como Acabei Com O Pulgão De Uma Vez Por Todas

Como Acabei com o Pulgão De Uma Vez Por Todas

Problemas com pulgão em seus vasos? Veja como uma experiência limpando banheiros me ajudou a acabar com essa praga de uma vez por todas.

Como Acabar Com O Pulgão

De Uma Vez Por Todas

Quem me acompanha no Instagram viu que estes dias, meu jardim recebeu uma visitinha de afídeos, mais conhecidos como pulgões.

Porém, o que a lente embelezadora do Insta não mostrou, foi a invasão que aconteceu depois. A nação dos pulgões começou uma guerra não declarada contra a Sacada Verde – o vencedor ficaria com os vasos.

Tentei catar um por um. Tentei usar inseticida caseiro. Mas o que determinou minha vitória foi uma experiência que tive limpando banheiros de hotel lá no ano de 2013.

Hoje, posso dizer que este é um problema do passado. Os pulgões foram colocados em seu devido lugar, onde quer que ele seja. (Certamente não aqui!)

Pulgão Como Acabar
Como Acabar Com O Pulgão?

Como surgiu A Técnica

Há alguns anos atrás, trabalhei por cerca de um ano e meio como recepcionista em um famoso albergue na cidade de Quioto, Japão.

Recepcionista é uma palavra que diz muito pouco sobre o serviço. Lá, todo mundo era “recepcionista”. Como muitas empresas no Japão, especialmente as pequenas, não havia uma divisão clara do trabalho.

Cuidávamos da recepção, dos serviços de concierge, do bar, do caixa, e, como você já pode deduzir, da zeladoria. E nisso se inclui a limpeza dos toaletes e banheiros compartilhados.

Pois bem. Agora imagine você, um banheiro de albergue popular, com capacidade para uns 80 hóspedes. Quem já ficou em albergue sabe que não dá para exigir muito de um banheiro compartilhado.

Banheiro de Hotel
Não era raro ter que limpar um chão assim.

Se deixado sem limpeza, o ralo logo fica parecendo um bueiro de esgoto. Isso sem contar com fios de cabelo espalhados por toda parte. E esses cabelos não são apenas os que nascem na cabeça, se é que você me entende.

Nós, por outro lado, queríamos ser o melhor albergue da cidade. Por isso, a limpeza era feita religiosamente a cada 15 minutos. Era uma limpeza leve, mas consistente. Entre um banho e outro, secávamos o chão e removíamos todos os traços de cabelo.

Agora, como limpar o banheiro de forma rápida, sem deixar ninguém esperando no bar e recepção? Façamos uma pausa e voltemos ao caso dos pulgões

A Invasão Do Pulgão

Foi no meu morangueiro que vi um pulgão pela primeira vez. Dois, na verdade, instalados confortavelmente em um galho.

Suspeitei que não fossem boa coisa antes mesmo de pesquisar na internet. Usei um palito de dente (vai que o bicho pica?) para tirar eles de lá.

Esse fez até pose para a foto!

Na outra semana, encontrei eles de novo. Mais uma vez, com um palito de dente, fui tirando um a um. Comecei a ficar incomodado.

Dias depois, outro ataque. Uma pequena colônia ocupou uma das folhas da alface que eu tinha acabado de plantar.

Ia levar a manhã toda para retirar todos com um palito de dente. Sem escolha, arranquei a folha infectada e joguei no lixo.

Quando achei que tinha controlado o problema, uma infestação de pulgões invadiu meu morangueiro. Impossível catar um por um.

Como acabar com pulgão
Um dos galhos da planta afetada.

Foi nesse momento que comecei a entender melhor o produtor rural. Ou vai na base do agrotóxico, ou se perde uma plantação inteira. Se minha sacada no segundo andar tinha sido atacado por uma colônia de pulgões, imagina o tipo de problema que aparece no campo.

Sendo assim, como acabar com o pulgão de uma vez por todas? Eu já tinha experimentado inseticida caseiro uma vez. O resultado foi que eu acabei matando também a muda. Devo ter usado uma concentração errada, sei lá. De todo modo, não queria correr o risco de perder outra planta (principalmente por que meus morangos já começavam a aparecer).

Sacada Verde X Pulgão

Voltemos à história do albergue. Nós levávamos cerca de dois minutos para limpar todos os seis banheiros. Para isso, bastavam dois instrumentos:

  • Esfregão
  • Rolo adesivo

Eu usava fita adesiva como acessório de limpeza desde algum tempo. Sabe como é, não dá para deixar um tapete limpo 100% só com um aspirador de pó. Depois, tem também aquele suéter que fica cheio de fiapos após uma lavada. A fita adesiva é uma mão na roda nessas horas.

Pulgão na fita

Foi por um acaso que eu juntei as duas experiências. Acho que devo ter visto algum fio de cabelo em uma das folhas. Vai saber…

Enrolei um pedaço de fita na mão e pressionei a parte adesiva contra uma das folhas infectadas. E assim, como num passe de mágica, a folha estava livre de pulgões.

A partir daí, o trabalho passou a ser prazeroso. Levantei folha por folha, investiguei galho por galho até que o último pulgão fosse expulso do meu jardim. No final, terminei a limpeza com um gostinho de quero mais.

como acabar pulgão
Fim da guerra. Vitória da Sacada Verde!

Diga Adeus Ao Pulgão

Não sei porque levei tanto tempo para pensar nessa solução. Ano passado tive problemas com mosca branca e lagartas. Poderia ter usado um adesivo ao invés de passar o cultivo quase todo catando os insetos. Acho que foi preciso bater o desespero.

Como você pode ver, não tem segredo para acabar com o pulgão e outras pestes. Enrole um pedaço de fita na mão, com a parte adesiva voltada para fora. Depois, é só sair colando os insetos como se fossem fios de cabelo no chão.

Eu recomendo fita kraft por dois motivos: a fita kraft é de papel e por isso mais fácil de cortar pedaços. Depois, ela não é tão adesiva assim, o que significa que você não corre o risco de arrancar um pedaço da planta no processo.

Faça o teste você mesma e me diga o que achou!

Mostre aos seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *